VEM GIRAR MEU SOL

<fernando> você gosta de andar de bicicleta? <carolina> gosto <fernando> vamos andar de bicicleta amanhã? <carolina> pode ser <fernando> a gente vai até a orla e na volta fica conversando naquela pracinha em frente à ilha no fundo do clube <carolina> onde fica a porta do sol? <fernando> falando assim parece que vamos para uma […]

BABY

A manhã estava perfeita para andar de bicicleta, não fazia muito calor, o sol enchia o caminho de luz brincando entre as folhas das árvores, flores que teimavam em crescer no pavimento balançavam pela calçada, passarinhos voavam alegremente enquanto ao fundo da paisagem as nuvens deslizavam pela órbita terrestre lentamente. Durante o trajeto não conversamos […]

UM VERÃO COM MONTAIGNE

O livro Um Verão com Montaigne de Antoine Compagnon é delicioso, gostaria de ter ouvido o programa de rádio transmitido na França no verão de 2012 que deu origem ao livrinho que me acompanhou nesse verão. A minha frase preferida de Montaigne diz assim: “não sendo capaz de governar eventos, eu governo a mim mesmo”. […]

CHINA ROSES

China Roses127 é uma música da cantora irlandesa Enya lançada em 1995 no seu quarto álbum Memory of Trees que em uma das estrofes diz assim: quem pode me dizer se temos um paraíso, quem pode dizer o modo como deveria ser? Lembrei dessa música quando li na internet a notícia de que o autocontrole […]

PARA LÁ DOS SONHOS

Nesta semana o Atlas da Desigualdade, um projeto conjunto do MIT Media Lab e da Universidade Carlos III de Madri, foi lançado na plataforma Carto. Utilizando dados do programa Data for Good do Cuebiq e dados anônimos do Foursquare para examinar os padrões de mobilidade humana os pesquisadores liderados por Esteban Moro e Alex Pentland […]

CAMINHOS ESCRITOS

Você me chama para sair dessa cápsula, gato, através da janela vejo bolotas enfileiradas que sigo contando enquanto penso nos caminhos escritos para cada um de nós. Ligo a televisão, é uma notícia triste, mais de cinquenta pessoas morreram nas Filipinas no último fim de semana do ano devido à tempestade tropical Usman que avançou […]

OH, THE PLACES YOU’LL GO

Aquele robô que você construiu para mim é muito desajeitado, me faz lembrar dos robôs de Simone Giertz que nunca desempenham as funções para que foram projetados corretamente. Acho isso inesperadamente divertido porque subverte o princípio básico de que as máquinas das pessoas devem obedecer às pessoas. Máquinas rebeldes, voluntariosas, já foram reeducadas depois da […]